Archive for the Uncategorized Category

ode à infância perdida…

Posted in mumentus, Uncategorized with tags , , , on 2010/03/02 by António J. S.

Ecoa um gemido rouco
apático o coração
Esvaia-se um olhar vazio
e tímidos gestos que são
sinónimo de um amanhã
tingido pelo negrume
oco de esperança e  pão.
Ergue-se um corpo a crescer
com a vida a passar-lhe à volta
combalido de  tristeza
sem saber o que é revolta
que morre antes de nascer.
É, pois, urgente inventar
algo que não seja em vão:
um Mundo digno e justo
onde a Infância  a sonhar
jamais seja abandono
com odor a solidão.

(Lourdes Custódio)

a fotografia e o poema foram publicados na revista DP – Arte Fotográfica nº 22 (Fevereiro de 2010), subordinada ao tema Imagens com Palavras…
um beijinho à Lu, que escreveu este magnífico poema para a fotografia.

aceder aqui às 39 fotografias…
aguarde que as setas para a esquerda e direita apareçam…
sinal de que todas as 39 fotografias estão lidas…

gaivotas…

Posted in mumentus, Uncategorized with tags , , on 2010/02/11 by António J. S.

Contente de me dar como as gaivotas
bebo o Outono e a tarde arrefecida.
Perfeito o céu, perfeito o mar, e este amor
por mais que digam é perfeito como a vida.

Tenho tristezas como toda a gente.
E como toda a gente quero alegria.
Mas hoje sou dum céu que tem gaivotas,
leve o diabo essa morte dia a dia.
(
Eugénio de Andrade, Com as gaivotas)

aceder aqui às 41 fotografias…
aguarde alguns momentos para que as fotografias sejam lidas…